15 julho, 2009

PATOS NO RIO AVE.
.
Mais uma foto do meu amigo Carmo, e sirvo-me dela, para mostrar a um outro amigo, o António Fangueiro, caxineiro por excelência, logo, puro vilacondense, esta extraordinária foto onde se vê dois patos se banhando no rio Ave, e assim, lhe mostrar o que ainda vamos a tempo de conseguir, se quisermos.
Algumas fotos dão-me um enorme gozo mostrá-las, e sem dúvida, esta é uma delas.

7 comentários:

Hugo Ramos disse...

Parabéns pelo blog, vê-se que o autor possui alma e coração de Vila do Conde...
Felicidades :)

fangueiro.antonio disse...

Boas caro José.

Pois bem, aqui está a melhor prova da limpidez do rio e os patos atestam-no.
Quanto a me sentir "puro vilacondense" é um problema para o qual não arranjo solução. Sinceramente só a partir da juventude passei a ir para Vila do Conde frequentemente em diversão. Como tal, até cerca dos 18 anos a minha referência sempre foi a Póvoa e Caxinas, pois ambos têm a mesma cultura piscatória e foi por lá que cresci. Infelizmente só posso dizer que sou Vilacondense (e com gosto) pelo facto de ter nascido lá e por cá quando me perguntam o nome da minha terra... costumo dizer que tenho 3 terras: Caxinas, Póvoa e Vila do Conde. Sendo a mãe poveira e o pai caxineiro... não me consigo habituar a dizer que sou primeiramente vilacondense, ainda mais hoje em dia que conheço muito melhor as raízes das Caxinas / Poça da Barca.
Mas que fique claro que gosto imenso de Vila do Conde e tem recantos magníficos que a Póvoa não tem e não soube manter.

Um abraço.

José Cunha disse...

Obrigado ao Hugo pelas simpáticas palavras, mas repare, não é difícil amar esta terra, não lhe parece?
Respondendo ao António, compreendo as suas observações, mas o meu coração vai por outros caminhos, e neles, encontro sempre as Caxinas e Vila do Conde.Muitos "caxineiros" foram meus colegas de escola, e desde muito cedo, e ainda com as Caxinas muito pequenina, me habituei a amar a gente que a povoava, e não imagina a admiração que sentia quando via as sargaçeiras dentro da água.
Ao longo da vida deste blog, já por diversas vezes dei conta do encanto que encontro, em tudo que diga respeito às CAXINAS.

Hugo Ramos disse...

Realmente Vila do Conde é uma cidade muito bonita, acolhedora e apaixonante! Sou natural de Gouveia - Guarda, mas agora que vivo na "Grande Vila", cada vez mais me sinto bem aqui...
À semelhança da Vila, este blog é muito viciante, especialmente para aqueles que gostam de saber a evolução dos locais, dos seus usos e dos costumes...

PATOS/PATOS... disse...

Este comentário do nosso caxineiro Fangueiro, faz-me recordar aquele dito popular que nos diz:

Às vezes, há males que vêm por bem!

Pois bem.
Parafraseando Marco Paulo, como tem
3 amores, não consegue habituar-se
à ideia de que é "primeiramente vilacondense".
Assim sendo, pelo menos não sofrerá como os vilacondenses convictos, que amando a sua Terra (não como os da polhítica..),
vão sofrendo com os atentados que
nela vão cometendo dia após dia.
Mas, a culpa talvez seja dos patos!...
Não destes.
Talvez daqueles que virão lá para
Setembro...

a) Cereja

fangueiro.antonio disse...

Boas.

Pois o Albino com as suas fantásticas rimas põe-me por terras da Polónia a rir como um perdido. Realmente a canção do Marco Paulo diz tudo: são 3 amores. O problema é que secalhar sofre-se a triplicar com os atentados de várias espécies em cada uma das 3.
Para refrescar as ideias, proponho um mergulho no Rio Ave... uma visitinha ao Museu Marítimo das Caxinas, ou um passeio pela Chinatown poveira :).

Atentamente,
www.caxinas-a-freguesia.blogs.sapo.pt

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,