19 março, 2010

(clique na imagem para a ver aumentada)
.
AINDA NAS IMEDIAÇÕES, do edifício dos Socorros a Náufragos.
O senhor Artur do Bonfim, tem andado adoentado, e por isso, não posso lhe perguntar quem seriam estas pessoas. Deverá esta foto mostrar uma ocasião especial (será a inauguração do edifício?), pois o senhor fardado deverá ser o capitão do porto (será o capitão Lanhoso?), e os outros, todos engravatados, pertencerão certamente a uma comitiva oficial.
Espero que algum de vós nos esclareça.
Não restam dúvidas, temos de começar a dar mais atenção ao que os mais velhos nos podem dizer, porque, devagar, vamos perder muita informação, que é, sem dúvida, também parte da história de Vila do Conde.
Posted by Picasa

6 comentários:

helder figueiredo almeida disse...

O Senhor fardado tem o posto de 1ºTENENTE (primeiro tenente); na Marinha de Guerra Portuguesa nao existe o posto de Capitao , existem sim os postos de CAPITAO-TENENTE, CAPITAO DE FRAGATA e CAPITAO DE MAR E GUERRA. Desculpe fazer a correcçao.
HELDER ALMEIDA 1ºTENENTE REF

José Cunha disse...

Pede desculpa pela correção?...eu é que lhe agradeço a informação, mas chamei ao cavalheiro da foto de "capitão", pois julgo que é como normalmente se chama á pessoa que está à frente da Capitania.
Eu acho que já estudei "estas coisas" quando estava na tropa,...mas já lá vão uns aninhos.
Obrigado pela informação.

Anónimo disse...

Na Marinha portuguesa não existe o posto de Capitão. É verdade!
Contudo, alguns oficiais de marinha são chamados à FUNÇÃO de Capitão do Porto.
Assim, a expressão utilizada por José Cunha, está correcta!

Anónimo disse...

o correcto será dizer:
"deverá ser o capitão do porto (será o comandante lanhoso?)"
ou seja "deverá ser o capitão do porto (será o 1º tenente lanhoso?)"

é norma na marinha os oficiais que desempenham funções de chefia serem tratados por comandante sejam eles 1ºs tenentes (neste caso do responsável pelo porto) ou capitães-de-fragata (no caso do responsável pelo navio sagres).

o posto de comandante não existe na marinha de guerra portuguesa.

temos nesta cidade a avenida comandante coutinho lanhoso, reconhecimento sem dúvida pelo cargo ocupado pelo 1º tenente lanhoso.


ah

rouxinol de Bernardim disse...

Suponho que de facto o militar é o comandante Coutinho Lanhoso, figura ilustre que consta da nossa toponímica.

Anónimo disse...

Todos engravatados?
Melhor: Todos enchapelados!...