07 dezembro, 2009

REI DO UNIVERSO.


Há uns setenta anos, nas procissões de Azurara, via-se sempre uma figura curiosa, a do «Rei do Universo» . Esta figura era representada por um bom e simpático velho de Vila do Conde, de face rosada e longa barba branca, que tinha a mania de ser o rei do universo, indo no couce das procissões para ser visto e considerado como tal.
Apresentava-se correctamente vestido de fraque e luvas brancas. Sobre o fraque ostentava várias condecorações e medalhas, assim como uma banda de seda azul e branca. Levava um pequeno estandarte tecido a vidrilho e missanga de diversas cores, em que se via o globo terrestre, o cetro e as palavras - Rei do Universo. O povo gostava desta figura pela seriedade e aprumo do velho, o qual chegava a incorporar-se em procissões de outras freguesias do concelho, da melhor vontade e graciosamente, ou apenas a troco de um pouco de vinho, regueifa ou doce.
A propósito desta figura popular, leia-se a «Ilustração Vilacondense», 2 ano, n-15, Março de 1911, pág-10.
.
Em- AZURARA- Subsídios para a sua monografia.