13 outubro, 2008

AZURARA E VILA DO CONDE EM 1594


«...aldeia do território do Porto, muito bela e agradável, com uma igreja grande (e) formosa, boas casas, está muito povoada, serão mais de 500 fogos e sua situação é belíssima, posta em uma colina junto ao mar, e abaixo um rio; e da outra parte, no alto de outra colina uma vila muito melhor, estes dois lugares formam uma das mais formosas vistas que há em Portugal.
O rio chama-se Ave. Na outra parte - por onde passamos no regresso - há duas pontes para dois braços deste rio, que aqui se unem: um se chama Este, o outro Ave, mas aqui dizem sómente Ave, por ser o maior. Move moinhos e presta toda a espécie de serviços. Esta-se tratando de fazer uma ponte grande que una os limites destas duas povoações, sem a incomodidade da barca.
A outra vila chama-se VILA DO CONDE. Tem juiz, e é das mais principais de Portugal com 1.ooo fogos. Ali está o mosteiro de monjas mais nobre, antigo e rico de todo o reino. As monjas antigamente eram donas de todo o lugar. São de Santa Clara, têm 15.ooo escudos de rendas. Agora a vila é de El Rei. A igreja das monjas é grande e bem tratada. Há também na vila uma igreja que passa por ser, quiçá, a mais formosa do reino, em grandeza, beleza e proporções. Construi-a o rei D.Manuel sob a invocação do S. João Baptista, quando indo a Santiago da Galiza, se enamorou deste lugar por sua situação nas costas do mar oceano, donde entram as naus que vem da India para meter provisões; e por ser lugar dotado de nobreza, urbanidade, boas casas e ruas, abundância de jardins, sítios frescos e de àgua. A igreja tem o teto em abóbada, todo de madeira que se mandou vir da Ilha da Madeira; e do mesmo modo a porta da igreja.
.
EUGÉNIO DA CUNHA E FREITAS.
.
Extrato do publicado no B.C.da C.M. de Vila do Conde.

2 comentários:

fangueiro.antonio disse...

Bom dia.

Um texto que descreve muito bem a beleza de Vila do Conde e arredores de há séculos. Na verdade, vendo Portugal por fora já há 6 anos, que não existam dúvidas que Portugal geográficamente e culturalmente é muito afortunado. Fraca economia ou nível social à parte, quem dera aos ricos países da Europa ter o nosso mar, variedade topográfica, Sol e luz, telhados de laranja vivo a pintar os montes, enfim, a lista seria longa.
Vila do Conde, à sua maneira, é "apenas" mais um ponto colorido de Portugal.

Atentamente,
www.caxinas-a-freguesia.blogs.sapo.pt

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,